"Nosso corpo é nosso templo, nossa vida deve ser nossa religião e cuidar dela nosso ato de fé".

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Veja qual atividade física é ideal para o seu perfil e objetivo


Aumenta a massa muscular, dá condicionamento físico, favorece a concentração e oferece bem-estar. Todo mundo sabe de cor os benefícios da prática de atividade física. Mas, se você vive em dúvida sobre qual delas escolher, o Terra pode ajudar nessa missão. Confira as características de 11 atividades físicas e escolha a que mais combina com você e seu estilo de vida:

Musculação: esta é uma das atividades que consegue agradar diferentes perfis, já que pode ser praticada em ambiente reservado e individual ou em ambientes coletivos, no modo circuito de aparelhos. “É a base do condicionamento físico, abrange muitos itens da aptidão física, tais como força e flexibilidade. Proporciona ganho de massa muscular, definição do corpo e ajuda na perda de peso”, diz o professor de educação física Ricardo Souza, da Academia Bio Ritmo.

Corrida: é uma atividade de alto impacto, o que exige de seu praticante um bom condicionamento físico geral, com bom fortalecimento e resistência muscular dos membros inferiores, assim como boa capacidade e resistência cardiorrespiratória. “É uma excelente forma de conhecer novas pessoas e fazer novos amigos. Mas requer concentração, controle emocional e físico. Como pode ser praticada em qualquer lugar e, em linhas gerais, é um esporte de baixo custo, a corrida é acessível a qualquer pessoa”, diz a treinadora Débora Branco. A prática ainda acelera o metabolismo, levando à perda de peso, diminui o risco de doenças, reduz o stress e a ansiedade e ainda aumenta o bem estar físico, mental e social.

Lutas: lutas como o jiu-jitsu exigem concentração, força e disciplina. A atividade tem bastante contato físico e é indicada para quem gosta de interagir. O condicionamento físico, a queima de calorias e a consciência corporal também são os focos dessa modalidade. “A atividade não é vetada a ninguém, mas pessoas com lesões articulares no ombro, por exemplo, devem ter mais atenção”, diz a preparadora física da Bio Ritmo Denise Oka.

Natação: esta atividade de baixo impacto é indicada para quem procura por condicionamento cardiovascular, melhora postura, equilíbrio, coordenação, flexibilidade, agilidade. Se você não faz a mínima questão de interagir com as pessoas durante as atividades físicas, este é o seu esporte. “Não existem restrições, só atenção às pessoas que podem apresentar algum tipo de alergia dermatológica ao cloro, por exemplo”, diz Ricardo.

Vôlei: se você procura um esporte de alto impacto e frequentes deslocamentos, você deve escolher o vôlei. Proporciona condicionamento físico, aumenta a coordenação motora e turbina a massa muscular. “O vôlei consegue atingir principalmente aqueles que não gostam de praticar futebol pelo contato físico”, orienta Débora. Pessoas extrovertidas, que gostam de atividades em grupo, com desafio e superação também são o perfil ideal para o esporte.

Futebol: um esporte de socialização, esta é a maior característica do futebol. A atividade exige contato físico com adversários e com os membros de sua própria equipe. Diminuição da gordura corporal, aumento da força e da massa muscular, ativação dos músculos da coxa, glúteos, costas e abdômen são alguns dos benefícios do esporte. Em 45 minutos de jogo, você pode queimar cerca de 400 calorias. “O futebol tem ênfase no trabalho muscular localizado que são as pernas (quadríceps, glúteo e posterior de coxa), é considerado um esporte de alto impacto, portanto apresenta alto risco de lesões. O praticante tem que ter bom preparo físico, tanto cardiovascular como muscular, para diminuir os risco de lesões”, diz Débora.

Ciclismo: no geral, esta é uma atividade de baixo impacto. No caso do mountain bike, uma modalidade em que os praticantes têm que passar por obstáculos, o impacto é considerado médio. Por se tratar de uma atividade que pode ser desempenhada sozinho ou em grupo, é indicada tanto para quem gosta de interagir como para aqueles que preferem momentos de reclusão. “O ciclismo favorece o fortalecimento e a tonificação muscular, além de trabalhar as competências cardiovasculare”, diz Ricardo.

Remo: esta é uma atividade específica de força e resistência muscular. Se você procura um esporte que exige disciplina e concentração, o remo pode ser uma boa alternativa. “A modalidade tem alto gasto de energia, por consequência grande consumo calórico e, assim, emagrecimento. Também melhora condicionamento físico total, exigindo grande trabalho muscular”, aponta Débora.

Esportes de aventura: modalidades como escalada, alpinismo, montanhismo, trekking, mountain bike, rafting, arborismo, mergulho, surfe, paraquedismo e paintball geram aumento dos níveis de endorfina, serotonina e dopamina no cérebro. “Ideal para pessoas que gostam de atividades ao ar livre e contato com a natureza. Pessoas com necessidade de adrenalina, que gostam do sabor do risco, de desafios imprevisíveis e situações adversas”, descreve Débora.

Tênis: este esporte pode ser considerado uma atividade de impacto, já que exige uma série de deslocamentos, favorecendo o condicionamento físico. Concentração e atenção são características essenciais para o praticante de tênis. O esporte é indicado para quem busca uma atividade individual já que, apesar de precisar de um adversário, este esporte se caracteriza pela pouca interação durante a partida. “Pessoas com lesões articulares no ombro, cotovelo e quadril devem procurar por orientação antes de iniciar a atividade”, orienta Denise.

Dança: ballet clássico, moderno, dança de salão, hip hop. “Este é o tipo de atividade física recomendada para pessoas que gostam de interação, comunicativas, dinâmicas e que buscam a dança até mesmo como um complemento de vida”, diz Débora. A dança favorece o emagrecimento, o fortalecimento muscular, melhora o condicionamento físico e muscular, combate o stress, ansiedade, depressão, melhora a autoestima e as relações interpessoais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails